Pesquisar este blog

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Por que escrevo artigos sobre o leste europeu?

Eu descobri a internet em 2007; e tão logo a descobri, procurei textos históricos na wikipédia em língua estrangeira. Logo no início vi muitos, sobre as histórias da Polônia,Rússia,Romênia,Bulgária,Hungria e Sérvia. Percebi que esses países são bem mais atrasados que o resto da Europa.

O mais interessante de tudo é que na época nem conhecia uma coisa tão famosa chamada Rede Social.Só entrava na NET para pesquisar detalhes históricos. E o leste europeu foi o que mais me chamou atenção.Daí comecei a pesquisar e ter uma idéia de escrever um livro sobre a história eclesiástica do leste europeu.O triste disso tudo é ter que pesquisar no tradutor,pois as páginas em português não tem quase nada.Isso só demonstra que o Brasil é ruim para pesquisas.

A agonia do leste da Europa começou no século XIII com as invasões tártaro-mongóis. O Khan dos mongóis chamado Ogodei,neto de Genghis Khan, devastou o leste europeu.Seus exércitos deixaram um rastro de destruição por onde passaram.Isso ocorreu devido a uma invenção do leste desconhecida na Europa:A Pólvora. Essa mesma invenção seria o fim das invasões mongóis,pois os europeus os repeliriam mais tarde com a mesma arma.

Nos séculos XIV-XVII os turcos otomanos continuaram os estragos,dessa vez de forma mais organizada,até a queda de Constantinopla em 1453. A partir dessa época o leste europeu teve sempre seu desenvolvimento sempre atrasado pelas guerras constantes;como por exemplo, a Polônia perdendo sua independência em 1795. Mas anos depois recuperou-a em 1918,ao final da 1ª Guerra Mundial.A Rússia sendo um país praticamente feudal no meio do século XIX, até a Revolução Socialista.

Se repararmos bem, só países com democracia frágil foram atingidos, ou pela Revolução Socialista, ou pelos regimes de extrema direita como o nazi-fascismo. Países de democracia mais evoluída como os EUA, a Grã-Bretanha e a França se mostraram mais fortes nas crises internacionais.

Talvez por esse e outros motivos que a UE rejeitou os países do Leste Europeu por muito tempo. Suas democracias sendo frágeis, estão muito aquém dos países nórdicos europeus,bem mais avançados. Eles precisam fazer muitos ajustes fiscais para se equivaler aos países ditos "mais avançados". Haja vista o caso dos Bálcãs, que tanto problema tem causado para zona do Euro.

O leste europeu é uma terra de fascínios,de lendas,de histórias quase ou bem macabras.Histórias como a de Vlad III, o Czar Ivan IV, a Condessa Elizabeth Bathory e outros personagens tão ou mais sanguinários que a história registra. E,na maioria desses países,a Igreja oficial nem é a romana,é a grega. Essa Igreja tem práticas bem diferentes daquelas que conhecemos, e por causa dessas várias curiosidades é que despertei um interesse por essa parte tão obscura do mundo.

Bjos a todos.

sábado, 21 de julho de 2012

Nenhuma união vale o preço da minha liberdade

Boa noite a todos os visitantes.

Fiz esse blog pela causa feminista e LGBT, que corre nesse Brasil afora.Também tenho intenção de ajudar aquelas pessoas com dificuldades em matemática,química,física ou história; pois são as matérias que estudo por conta própria há cerca de 10 anos. Sou cursante de Licenciatura em Química pelo IFRJ e pesquisador de documentos de história medieval. Espero ajudar a muitos que tenham dificuldades nessas áreas.

Moramos em um país em que,além da educação ser precária,as pessoas que curtem estudos são vistas como loucas ou desajustadas.Mas são dos estudos,principalmente de matérias humanas, que vem a modernização da geração nova em relação à anterior.

Em setembro de 2010 eu entrei para um site de amigas da internet chamado Bolsa de Mulher. A partir daí comecei um processo de libertação do meu "eu", que duraria até hoje. Meu namoro começou a sofrer reveses por causa do meu processo libertário. A partir daí eu comecei a pressionar minha namorada a pelo menos respeitar, já que era difícil aceitar meu jeito feminino. A partir das minhas postagens no site comecei a perceber minha missão a cumprir,no que diz respeito às pessoas que passam coisas similares as minhas.

Foi nesse site que descobri minha frase predileta,que é o título desse post. Muitos foram os motivos que me levaram a criar esse blog desde então.Espero que gostem desse espaço. Foi feito com todo carinho.

Um abraço a todos e beijos de fada.