Pesquisar este blog

domingo, 16 de dezembro de 2012

A Imagem de Jesus é César Bórgia?

A imagem de Jesus como as pessoas conhecem...
Esta é uma pintura de Cesare Borgia, o homem que influenciou todas as pinturas européias, esculturas e entalhes de Jesus.

César Bórgia(1475-1507) foi o filho do Papa Alexandre VI. Na verdade, ele era o mais amado dos filhos de Rodrigo Bórgia(alguns inimigos da família Bórgia diziam que era Giovanni Bórgia.No passado era bastante comum Papas manter concubinas e filho. Alexandre VI foi um deles), O Papa Alexandre VI era conhecido por ter múltiplas amantes e em 1476 nasceu seu primeiro filho, que foi chamado de César Bórgia. César foi favorecido por ser filho do Papa e pela idade de 15 anos já havia se tornado o Bispo de Pamplona. Por seu aniversário de 18 anos ele era um cardeal. Bórgia teve também um irmão chamado Giovanni que era o Capitão Geral das Forças Armadas do Papado. Cesare invejava a posição do irmão e muitos estudiosos acreditam que ele invejava tanto que ele assassinou seu próprio irmão a fim de obter o cargo. Outros registros mostram que os irmãos dormiam com a mesma amante, a esposa de seu irmão mais novo. Muitos acreditam que o triângulo amoroso entre os irmãos e a amante foi o que levou à morte de Giovanni. Após o assassinato de Giovanni, Cesare Borgia renunciou sua posição como Cardeal e tornou-se Capitão Geral das Forças Armadas do Papado. Durante este tempo, a Igreja Católica estava travando guerra contra o Islã e Cesare estava prestes a desempenhar um papel vital na história da Igreja.

Corajoso, ousado e determinado, ele era insaciavelmente faminto de poder e totalmente implacável. Suborno, assassinato e fraude estavam todos no trabalho do dia a ele e seus prazeres eram mulheres, caça e roupas da moda. Ele foi considerado o homem mais bonito na Itália, havia inevitavelmente rumores de incesto com sua irmã Lucrécia e ele tinha sífilis de seus vinte e poucos anos.

Na época, os muçulmanos tinham feito com sucesso o seu caminho para a Alemanha e assumiram o controle da Turquia. Isso ameaçava as Igrejas do império. Durante o mesmo período, a imagem de Jesus era a de um muçulmano e a igreja estava tendo um tempo difícil vender suas ideologias na região. Alguns dizem que Alexandre VI elaborou um plano para corrigir esse problema usando César Bórgia como seu instrumento. Consequentemente, alguns historiadores dizem que o papa veio com um plano para ter cada pintura do Messias original destruída. Em seguida, Alexandre VI teria encomendado a Leonardo Da Vinci uma reinvenção da imagem de Jesus à imagem de seu próprio filho amado, César Bórgia.

"O historiador é o profeta que olha para trás." Heinrich Heine

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Por que Vênus e Urano giram em sentido contrário ao dos outros planetas do Sistema Solar?

Com alguma licença poética, poderíamos dizer que foi por causa de um trauma de infância. Há cerca de 4,5 bilhões de anos, quando o Sistema Solar ainda era um disco de gás e poeira girando em torno do Sol, as nuvens que dariam origem a Vênus e a Urano sofreram turbulências particulares que modificaram para sempre sua rotação. "O motivo foram as colisões entre os pedaços que formaram esses dois planetas", afirma o astrônomo Roberto Dias da Costa, da USP.
Assim, a rotação dos dois astros pode, de fato, ser considerada uma anomalia, já que a dos outros seis planetas do nosso sistema acompanha a rotação do Sol antes mesmo de terem nascido. "Isso acontece porque aquele imenso disco de gás e poeira girava junto com a estrela central. Aí, a maior parte dos planetas continuou naturalmente no mesmo sentido", diz Roberto. Essa rotação contrária significa que um astronauta que fosse a Vênus veria o Sol nascer no oeste e se pôr no leste. Já em Urano isso não aconteceria. Como o planeta é praticamente "deitado" em relação ao Sol (com um eixo de inclinação de 98 graus), dias e noites são determinados pelo movimento de translação. Só amanhece ou anoitece quando o planeta dá meia volta em torno da estrela - o que equivale a 42 anos terrestres! Acho fantásticas essas coisas,pois prova que a matemática ainda é a rainha das ciências. "A matemática é a ciência que Deus escreveu o Universo." Galileu Galilei(1564-1642) Fonte:.www.mundoestranho.abril.com.br

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

A educação germânica nos moldes de Max Weber

A educação em países germânicos segue uma regra moral e ética completamente diferente do mundo latino. Nesses países, a moral das crianças é completamente distante em relação ao mundo adulto. A criança germânica segue uma linha educacional bem infantilizada em relação ao mundo latino em geral.As crianças germânicas(principalmente as escandinavas)são mais infantis.Em compensação,os adultos são mais avançados e independentes, socialmente e economicamente. Nos países europeus nórdicos defende-se muitos temas como: Células-tronco,aborto,casamento gay,cultura transgênica(em todos os sentidos) e modificações na área da Globalização.Até o movimento feminista surgiu na esfera Protestante,para combater a cultura machista latina que 'dita'para as mulheres andarem de salto alto,escravizando seus pés em nome da beleza,assim como fazer Lipoaspiração para manter um corpo em um espírito competitivo machista feminino. A crise vista atualmente na UE traz um pouco de luz sobre isso. Essa crise,primeiramente grega, e agora da Europa Latina em geral(Portugal,Espanha e Itália)deflagrou aquilo que chamamos de crise da Europa sulista. A Premier da Alemanha Angela Merkel tenta controlar o melhor possível os impulsos de gastos no resto da Europa,mas dificilmente consegue.Os gastos versus arrecadação são sempre um problema. Na Europa do Norte as pessoas são pouco amigas entre si. Isso favorece aquilo que um brasileiro chamaria de 'vida robótica',ou seja,de um estilo vital impensável para um latino-americano.Mas socialmente os escandinavos tem uma organização muito melhor.Mas tudo isso tem um preço,e às vezes é caro.Mas a recompensa de tudo isso é fantástica.É a de uma sociedade civilizada,ecumênica,respeitosa para com o jeito alheio e ciente do que chamaríamos de 'necessidades da nação'.

Os países escandinavos são de cultura cristã-protestante.Aquela que considero a mais moderna do mundo.Por quê? Porque é uma cultura baseada nos ideais da Reforma Calvinista e Luterana,onde a cultura livre chega a tais termos que até o ateísmo é de mais fácil acesso. Normalmente os países de maioria atéia são de cultura protestante. Os países onde vigoram a cultura latina são místicos demais pra isso. Têm um medo irracional do sobrenatural. Só a França talvez seja uma exceção no mundo latino,e mesmo assim por causa da influência inglesa que ela sofreu no século XVIII.

O livro de Max Weber que trata da 'ética protestante e o espírito do capitalismo' trata de métodos honestos de ganho financeiro. E a partir desse livro começou a vigorar no meio protestante um cientificismo político que,no meio latino,seria confundido com ateísmo.Mas muitas coisas ainda estariam por vir. O futuro reserva grandes mudanças para este planeta. E devemos fazer parte disso.

Fonte bibliográfica:http://www.ipv.pt/millenium/esf12_suec.htm http://en.wikipedia.org/wiki/Education_in_Sweden

terça-feira, 2 de outubro de 2012

A Suástica é germânica?

A suástica ( sânscrito : स्वस्तिक ) é uma cruz equilátera com quatro braços dobrados em ângulos retos. A mais antiga evidência arqueológica da suástica em forma de ornamentos remonta à Civilização do Vale do Indo da Índia Antiga , bem como Antiguidade Clássica . Suásticas também têm sido utilizadas em várias outras civilizações em todo o mundo. Ela permanece amplamente utilizada em religiões indianas , especificamente na hinduísmo , o budismo , e Jainismo , principalmente como um símbolo tântrico para evocar Shakti ou o símbolo sagrado de auspiciosidade. A palavra "suástica" vem do sânscrito svastika - "su", que significa "bom", "asti" que significa "ser", e "ka" como um sufixo. A suástica significa literalmente "ser bom". Ou outra tradução pode ser feita: "swa" é "eu superior", "asti" significado "ser", e "ka" como um sufixo, portanto, a tradução pode ser interpretado como "estar com maior autonomia".

No leste da Ásia , a suástica é um caractere chinês , definida pelo dicionário Kangxi , publicado em 1716, como "sinônimo de miríade" , usado principalmente em textos budistas clássicos ,por extensão, a palavra mais tarde evoluiu para representar a eternidade e do Budismo.

O símbolo tem uma longa história na Europa que remonta à antiguidade. Nos tempos modernos, após um breve surto de popularidade na cultura ocidental , a suástica foi adotada como símbolo do Partido Nazista da Alemanha , em 1920. Os nazistas usaram a suástica como um símbolo do ariano corrido. Depois de Adolf Hitler chegou ao poder em 1933, a suástica rodada foi incorporada à bandeira do partido nazista, que foi
a bandeira do estado da Alemanha durante o nazismo. Assim, a suástica se tornou fortemente associada ao nazismo e ideologias afins, tais como o fascismo e supremacia branca no mundo ocidental e é agora amplamente estigmatizada lá. Notavelmente, foi proibida na Alemanha e outros países, somente usada como um símbolo do nazismo. Muitos modernos extremistas políticos e Neo-nazistas grupos como a Unidade Nacional Russa usam suásticas estilizadas ou símbolos semelhantes.

Poucas pessoas sabem que os indianos e os alemães são parentes.O linguista inglês Willian Jones descobriu a afinidade de seus idiomas.Por causa disso se refere a esse grupo uno como 'indo-europeu'. A origem mais provável desse povo viria do cáucaso,onde uma parte migrou para a Índia e a outra para a Europa central.Esses povos que migraram para Índia e Europa Central seriam os tão falados, futuramente, arianos. Como se vê, nem tudo na história é o que parece ser.

Bjos de fada a todos.

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Sexta feira 13...dia de azar?

Existem várias lendas sobre a origem da sexta-feira 13. Uma delas veio do dia da prisão dos cavaleiros templários, no dia 13 de outubro de 1307. O rei Filipe IV da França ordenou o aprisionamento dos templários, e daquela data até março de 1314, houve vários processos até o grão-mestre Jacques de Molay ir para a fogueira e, nas chamas da fogueira, amaldiçoar todos os envolvidos no processo. Após isso, morreram um a um dos envolvidos no processo dos templários.

“ No dia 20 de abril, o papa clemente V morre no meio da atrozes sofrimentos, depois de uma crise de vômitos, em Roquemaure. “ Quanto a Filipe IV, morre na sexta-feira, 29 de dezembro de 1314, em Foutainebleau. No mesmo ano, Nogaret, morre pavorosamente enraivecido, com a língua de fora. Filipe de Marigny, que tanto fez pela perda dos templários, vê seu irmão pendurado na forca de Montfaucon, por ordem de Luís X. “ Esquieu de Florian é assasinado. O outro denunciador dos templários, Gerardo Laverna, antigo tamplário é enforcado; o clérigo Bernardo Pelet, terceiro acusador da ordem acaba também na forca. “ Passado um século e meio, os discípulos de Calvino mandam queimar os restos do Papa Clemente V. E 440 anos depois de sua morte, o corpo de Filipe IV será exumado da sepultura de Saint-Denis e lançado na cal viva pelos homens da Revolução Francesa.” (Fonte:BERTIN, Claude. Os Grandes Julgamentos – Templários. Otto Editores: p. 183 – 184. 1985)

Há muito tempo especula-se que o fim dos templários tem a ver com a origem da maçonaria, mas é pura especulação histórica, pois imagina-se que o tesouro dos templários desaparecido tenha sido apreendido pelo rei Robert Bruce da Escócia e dado início a formação da maçonaria. A única prova histórica é que o rei Dom Dinis de Portugal aproveitou os templários em seu país e criou a Ordem de Cristo.

(…) “Assim se deu a nacionalização dos bens dos templários em Portugal, que caminhavam em passos largos para a afirmação de sua nacionalidade. Quando as galeras portuguesas chegaram ao Brasil, traziam estampada a antiga cruz templária, agora simbolo da Ordem de Cristo”. Por Ricardo da Costa, professor de história medieval de UFES e diretor da revista Mirabília (www.revistamirabilia.com)

“ Seis séculos e meio volvidos sobre o processo dos cavaleiros do Templo, a questão mantém-se hoje: Seriam culpados? Estavam inocentes esse homens que o povo, depois de sua morte, considerou santos? As testemunhas do suplício de Molay até se lançaram às cinzas, para delas retirarem relíquias. Mas quem pode dizer, hoje, o que eram realmente esses Templários? “ Não foi esquecida a lenda segundo a qual todos os anos, na data do aniversário, treze de outubro, um fantasma aparece nas ruínas dos antigos castelos do Templo. “ Armado dos pés à cabeça, de manto branco ornado pela cruz, esse fantasma pergunta: 'Quem quer libertar o Santo Sepulcro?'. E o eco da abóboda responde... 'Ninguém... O Templo foi destruído...' ”.

(Fonte:BERTIN, Claude. Os Grandes Julgamentos – Templários. Otto Editores: p. 185.

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Quanto tempo é o dízimo do dia?

Quando se fala em percentual de tempo, muitas pessoas cometem um ledo engano:Pensam que tempo pode ser medido em ordem decimal.Sabemos que o dia tem 24horas e 10% dele seria(na cabeça de muita gente) 2,4horas.Mas está errado esse raciocínio.Por quê? Porque muita gente interpretaria esse "2,4horas" como 2horas e 40 minutos,o que torna mais errado ainda.

A medida de tempo,ao contrário das medidas de comprimento,área e volume que usamos,nunca foi centesimal.Ela é sexagesimal. É da ordem do 60. É uma medida bem mais antiga que a centesimal,pois esta surgiu na Revolução Francesa,enquanto a temporal surgiu no antigo Império Acádio há cerca de 5000 anos atrás.

Se pensarmos bem, dizer que 2,4horas seria 2 horas e 40 minutos equivaleria a dizer que 1,8horas seria 1 hora e 80 minutos;o que é totalmente absurdo. Quando transformamos hora, que é quebrada,passamos ela para fração e fazemos o processo de transformação de fração imprópria em mista e a parte quebrada multiplicamos por 60 minutos, para saber a parte não inteira.

A resposta final é que o dízimo do dia é 2 horas e 24 minutos,e não 2 horas e 40 minutos,como geralmente se pensaria.

Bjosssss da fada madrinha dos cálculos.

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Por que escrevo artigos sobre o leste europeu?

Eu descobri a internet em 2007; e tão logo a descobri, procurei textos históricos na wikipédia em língua estrangeira. Logo no início vi muitos, sobre as histórias da Polônia,Rússia,Romênia,Bulgária,Hungria e Sérvia. Percebi que esses países são bem mais atrasados que o resto da Europa.

O mais interessante de tudo é que na época nem conhecia uma coisa tão famosa chamada Rede Social.Só entrava na NET para pesquisar detalhes históricos. E o leste europeu foi o que mais me chamou atenção.Daí comecei a pesquisar e ter uma idéia de escrever um livro sobre a história eclesiástica do leste europeu.O triste disso tudo é ter que pesquisar no tradutor,pois as páginas em português não tem quase nada.Isso só demonstra que o Brasil é ruim para pesquisas.

A agonia do leste da Europa começou no século XIII com as invasões tártaro-mongóis. O Khan dos mongóis chamado Ogodei,neto de Genghis Khan, devastou o leste europeu.Seus exércitos deixaram um rastro de destruição por onde passaram.Isso ocorreu devido a uma invenção do leste desconhecida na Europa:A Pólvora. Essa mesma invenção seria o fim das invasões mongóis,pois os europeus os repeliriam mais tarde com a mesma arma.

Nos séculos XIV-XVII os turcos otomanos continuaram os estragos,dessa vez de forma mais organizada,até a queda de Constantinopla em 1453. A partir dessa época o leste europeu teve sempre seu desenvolvimento sempre atrasado pelas guerras constantes;como por exemplo, a Polônia perdendo sua independência em 1795. Mas anos depois recuperou-a em 1918,ao final da 1ª Guerra Mundial.A Rússia sendo um país praticamente feudal no meio do século XIX, até a Revolução Socialista.

Se repararmos bem, só países com democracia frágil foram atingidos, ou pela Revolução Socialista, ou pelos regimes de extrema direita como o nazi-fascismo. Países de democracia mais evoluída como os EUA, a Grã-Bretanha e a França se mostraram mais fortes nas crises internacionais.

Talvez por esse e outros motivos que a UE rejeitou os países do Leste Europeu por muito tempo. Suas democracias sendo frágeis, estão muito aquém dos países nórdicos europeus,bem mais avançados. Eles precisam fazer muitos ajustes fiscais para se equivaler aos países ditos "mais avançados". Haja vista o caso dos Bálcãs, que tanto problema tem causado para zona do Euro.

O leste europeu é uma terra de fascínios,de lendas,de histórias quase ou bem macabras.Histórias como a de Vlad III, o Czar Ivan IV, a Condessa Elizabeth Bathory e outros personagens tão ou mais sanguinários que a história registra. E,na maioria desses países,a Igreja oficial nem é a romana,é a grega. Essa Igreja tem práticas bem diferentes daquelas que conhecemos, e por causa dessas várias curiosidades é que despertei um interesse por essa parte tão obscura do mundo.

Bjos a todos.

sábado, 21 de julho de 2012

Nenhuma união vale o preço da minha liberdade

Boa noite a todos os visitantes.

Fiz esse blog pela causa feminista e LGBT, que corre nesse Brasil afora.Também tenho intenção de ajudar aquelas pessoas com dificuldades em matemática,química,física ou história; pois são as matérias que estudo por conta própria há cerca de 10 anos. Sou cursante de Licenciatura em Química pelo IFRJ e pesquisador de documentos de história medieval. Espero ajudar a muitos que tenham dificuldades nessas áreas.

Moramos em um país em que,além da educação ser precária,as pessoas que curtem estudos são vistas como loucas ou desajustadas.Mas são dos estudos,principalmente de matérias humanas, que vem a modernização da geração nova em relação à anterior.

Em setembro de 2010 eu entrei para um site de amigas da internet chamado Bolsa de Mulher. A partir daí comecei um processo de libertação do meu "eu", que duraria até hoje. Meu namoro começou a sofrer reveses por causa do meu processo libertário. A partir daí eu comecei a pressionar minha namorada a pelo menos respeitar, já que era difícil aceitar meu jeito feminino. A partir das minhas postagens no site comecei a perceber minha missão a cumprir,no que diz respeito às pessoas que passam coisas similares as minhas.

Foi nesse site que descobri minha frase predileta,que é o título desse post. Muitos foram os motivos que me levaram a criar esse blog desde então.Espero que gostem desse espaço. Foi feito com todo carinho.

Um abraço a todos e beijos de fada.